Cuiabá, 11 de Dezembro de 2017

NEPOTISMO E DESVIOS

Quarta-feira, 06 de Dezembro de 2017, 09h:51 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Santa Casa recebe emenda de R$ 250 mil após ser alvo de denúncias

Wellyngton Souza

(Foto: Reprodução)

dbeae390a26a6df3aa5e41986ccf98b4.jpg

 

A Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá receberá um recurso de R$ 250 mil para a aquisição de materiais, medicamentos e insumos em geral para os pacientes que são atendidos na instituição. Esta é a segunda emenda destinada ao setor da saúde pública no estado. Na semana passada, o Hospital de Câncer garantiu uma emenda do mesmo valor.

 

“A emenda que nós destinamos contribui para que a Santa Casa atenda à população com mais qualidade e eficiência. A aquisição de medicamentos irá permitir melhoria no atendimento aos pacientes e também ao trabalho executado pelo corpo médico”, disse autor da emenda o deputado Jajah Neves (PSDB).

 

Denúncia de desvios e nepotismo

 

Nas últimas semanas, a unidade filantrópica foi alvo de uma denúncia exibida no programa Pop Show, alegando possíveis desvios de recursos e prática de nepotismo no hospital. Na reportagem do dia 22 de novembro, foi constatado uma série de contratações de familiares do presidente da Santa Casa, o médico Antônio Preza.

 

Apenas no setor de doações estariam empregadas a esposa do médico, Telma Preza, além de Sheila Maria e Carla, irmãs dela. Mariana Preza seria funcionária da tesouraria do hospital. Ela é filha do engenheiro Luiz Otávio Preza, primo do presidente da Santa Casa.

 

Ana Paula Preza, sobrinha do médico e presidente, trabalha como dentista na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital - e uma filha do médico também trabalha no setor de doações, contratada de maneira temporária. Os salários variam entre R$ 9 e quase R$ 20 mil.

 

Outro lado

 

Por meio de nota, a Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos de Mato Grosso (Fehosmt) alegou que às acusações são infundadas e tem como objetivo confundir a população e denegrir a imagem das instituições filantrópicas.

 

"Nos estarrece, nos últimos dias, as infundadas denúncias que sofreram as Santas Casas de Cuiabá e Rondonópolis e seus dirigentes, afim de confundir a população e denegrir a imagem dessas instituições centenárias que são responsáveis pela assistência à saúde da grande população de MT que necessita do SUS", diz trecho da nota.

 

Ainda de acordo com a nota, as instituições passam diariamente por fiscalização dos órgãos competentes municipais, estaduais e federais, bem como constantes auditorias. "Informamos que tais denúncias não vão macular nossas instituições frente à sua importância junto a população de Mato Grosso".

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Novembro 2017 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade



Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br