Cuiabá, 22 de Novembro de 2017

NA ASSEMBLEIA

Terça-feira, 14 de Novembro de 2017, 08h:36 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Riva deve ser condenado em 2018 por processo que apura fraude de R$ 62 mi

Da Redação

(Foto: TJ-MT)

Riva-preso.jpg

 

O processo que apura fraude de R$ 62 milhões através de pagamentos feitos pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso, na época em que o ex-deputado José Riva (sem partido), era presidente da casa chegou na fase final. O processo penal é decorrente da Operação Imperador.

 

Conforme informações, a juíza titular da 7ª Vara Criminal, Selma Rosane Arruda, determinou que a defesa do ex-deputado apresente os memoriais finais. Isso significa que a juíza já está apta depois que receber os documentos para definir a sentença.

 

Mesmo com o prazo de 10 dias, a sentença do ex-parlamentar deve proferir a decisão apenas no próximo ano, já que em dezembro os órgãos da Justiça entram em recesso para as comemorações de final de ano.

 

Conforme a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), a mulher do deputado, Jante Riva e outros citados no processo, simulavam realização de licitação para agilizar pagamentos pela Casa sem que houvesse de fato serviços prestados ou produtos entregues.

 

Pelo menos 20% ficavam para as empresas colaboradoras e os outros 80% retornavam para Riva, apontado como o líder e os demais envolvidos.

 

 

 

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Outubro 2017 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade



Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br