Cuiabá, 23 de Julho de 2019

POLÍTICA
Terça-feira, 23 de Abril de 2019, 08h:27

MANDETTA QUER PRESTAÇÃO DE CONTAS

Reunião com ministro de Saúde na AL termina sem resolver problema da Santa Casa

Única News
Com assessoria

Divulgação

Mesmo com todo esforço conjunto entre a presidência da Assembleia Legislativa, Senado, Câmara Federal, Prefeitura de Cuiabá, governo do Estado e governo Federal, a reunião ocorrida na sede do Poder Legislativo no início da noite desta segunda-feira (22.04) com ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, terminou sem resolver o problema da Santa Casa. Antes de passar qualquer recurso ao hospital filantrópico, o ministro havia pedido a mais de um mês que a direção apresentasse uma prestação de contas dos gastos da instituição, o que não foi feito.

A crise financeira e administrativa na Santa Casa culminou no fechamento das portas no dia 11 de março. Os funcionários do local também foram atingidos com a má gestão. Eles não recebem salário há sete meses. “O ministro foi muito categórico. Ele havia nos dado uma tarefa anteriormente e essa tarefa não foi executada. Quando eu falo ‘nos deu’ estou me referindo à diretoria da Santa Casa que devia ter apresentado notas, bem como uma prestação de contas e ter dado transparência aos gastos para que o governo Federal destine qualquer recurso para a instituição e eu não vejo nada mais normal que isso”.

Para Janaína, qualquer cidadão antes de pagar uma conta quer saber o que ele realmente deve e esclarecidos como os serviços que foram prestados. Ela entende que para o ministro não basta vir com um valor escrito em um papel de quanto a Santa Casa deve para cada credor. “Acho que a gente sai daqui com uma mensagem muito clara de que se não for feita uma intervenção para que se possibilite uma auditoria que dê credibilidade à Santa Casa não vamos conseguir aportar recursos de parte alguma. Oque hoje não tem na instituição atualmente é credibilidade e isso faz com que ninguém queira mais passar recursos sem saber como de fato será aplicado”, lamentou a presidente da Assembleia Legislativa.

De acordo com a presidente, o fato de a Santa Casa de Cuiabá não ter feito o dever de casa e não prestar contas com clareza, acaba resvalando em outras instituições como o Hospital do Câncer, por exemplo. “Ficou muito claro na reunião o posicionamento das outras entidades filantrópicas que nos deixaram a mensagem de insatisfação e de medo de o fato de a Santa Casa não fazer o dever de casa dela acabe fazendo com que todos sejam penalizados. Não podemos ser inconsequentes como muitos defendem de que o dinheiro precisa ser repassado sem uma prestação de contas sem saber exatamente onde esse dinheiro foi parar”, disse.

Segundo Janaina, a Assembleia Legislativa deve retomar as tratativas novamente com a direção da Santa Casa para que essa prestação de contas aconteça de maneira mais célere possível. “O que a população ainda não entendeu e que torna tudo mais complicado, é que a Santa Casa é uma instituição privada. Vejo muita gente indagando nas redes sociais sobre o motivo do governo, da Assembleia não fazer nada com relação ao fechamento daquela unidade de saúde, mas isso realmente não era para acontecer. Governo, Prefeitura, Assembleia estão se mobilizando pelas pessoas que estão padecendo sem atendimento e pelos funcionários há meses sem receber”, finalizou.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE