Cuiabá, 15 de Novembro de 2019

POLÍTICA
Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019, 10h:59

PELO MENOS 19 BAIRROS

Pinheiro encaminha projeto à Câmara que garante R$ 100 mi para obras viárias

Única News
Da redação

(Foto: Luiz Alves/Prefeitura de Cuiabá)

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), encaminhou à Câmara de Municipal de Cuiabá, nessa terça-feira (22), o Projeto de Lei que garante R$ 100 milhões para a Capital, por meio de contratação, junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDS).

O recurso será destinado, exclusivamente, para obras de melhoria viária ao longo da Capital. Segundo o planejamento, a contratação do crédito possibilitará a execução de mais de 55 quilômetros de pavimentação, atendendo à demanda de pelo menos 19 bairros. Também estão previstas edificações de infraestrutura complementares como o sistema de drenagem pluvial e calçadas.

O texto destaca ainda que a solução de crédito permitirá a ampliação da capacidade de investimento da administração, contribuindo para atender à crescente demanda da sociedade. Dessa forma, o objetivo do Município é fazer com que o conjunto de obras promova consideravelmente a melhoria na mobilidade urbana e acessibilidade ao cidadão.

“É um novo investimento que estamos buscando, para ampliar o nosso atendimento com obras de asfaltamento. A possibilidade desse recurso nos foi apresentada e, após uma série de análises, entendemos que temos as condições necessárias para trazê-lo para Cuiabá. Isso é fruto de um trabalho responsável que temos feito no âmbito das contas públicas, o que nos permite ter um equilíbrio fiscal e abrir portas como essa junto ao BNDES”, explica Emanuel Pinheiro.

Os 19 bairros, ainda a serem definidos, deverão estar localizados na região periférica de Cuiabá e serão inclusos no Minha Rua Asfaltada. O programa, implantado em ainda em 2017, já se consolidou como uma das maiores ações de infraestrutura existentes na Capital. Neste ano, chegou a 47 bairros beneficiado e mais de 200 quilômetros de malha viária alcançada, levando em consideração as obras finalizadas, em execução e também aquelas que, neste momento, passam pelo processo de licitação.

De acordo com levantamento da Secretaria de Obras Públicas, pasta responsável por coordenar o programa, são nove comunidades da região Norte, 18 da Sul, 12 da Leste e oito da Oeste. 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE