Cuiabá, 18 de Dezembro de 2018

APÓS EXONERAÇÃO DE HUARK

Quarta-feira, 05 de Dezembro de 2018, 16h:04 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Pinheiro anuncia procurador para assumir Secretaria de Saúde

Luana Valentim
Da Redação

Foto: (Reprodução/Web)

possas e pinheiro

 

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), confirmou nesta quarta-feira (5), que o procurador-geral do município, Luiz Antônio Possas de Carvalho, irá assumir a Secretaria Municipal de Saúde interinamente no lugar do ex-secretário Huark Douglas Correia.

 

Huark deixou o cargo na manhã desta quarta-feira, alegando problemas pessoais. Ele é alvo da operação Sangria deflagrada nesta terça-feira (4), pela Delegacia Especializada de Crimes Fazendários e contra a Administração Pública, que apura irregularidades em contratos de prestação de serviços médicos hospitalares, firmados com o município de Cuiabá e o governo de Mato Grosso.

 

Pinheiro destacou que Luiz Antônio assume o posto com a missão de concluir um novo modelo de gestão que será apresentado nos próximos dias. E que não daria “mais detalhes”, mas garantiu que “este novo ciclo significa inverter a pirâmide e priorizar a atenção básica”.

 

“Possas irá fazer uma ação imediata na Secretaria Municipal de Saúde tendo autonomia para rever contratos, fazer o levantamento dos servidores - junto ao RH - fortalecer as relações com o órgão de controle interno e externo – dando mais transparência –, ampliar a relação harmônica e respeitosa com o Ministério Público, acelerar os procedimentos já iniciados, dentre eles a entrega, este mês, do novo Pronto Socorro de Cuiabá - que é a obra mais importante dos últimos tempos na nossa cidade”, declarou Emanuel.

 

Nesta terça-fira, o Ministério Público Federal determinou ao prefeito um prazo de 10 dias para afastar Huark do cargo, além de pedir a anulação das licitações que resultaram na contratação da Empresa Cuiabana de Saúde Pública e a Sociedade Mato-grossense de Assistência em Medicina Interna Ltda (Proclin).

 

O MPF também pediu para que os valores pagos nos contratos sejam devolvidos ao erário.

 

O prefeito garantiu que o prazo de entrega do novo Pronto Socorro segue sendo em dezembro e que ele continua focado na obra.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Nov 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br