Cuiabá, 16 de Outubro de 2019

POLÍTICA
Quinta-feira, 15 de Agosto de 2019, 10h:58

QUER SAIR À NOITE

Paulo Taques pede que benefício cedido a empresário seja estendido a ele

Fernanda Nazário
Única News

(Foto: Reprodução/Web)

O ex-secretário-chefe da Casa Civil, Paulo Taques, pediu ao Tribunal de Justiça que o mesmo benefício dado ao empresário Roque Anildo Reinheimer, seja estendido a ele. O sócio da Santos Treinamentos foi liberado das medidas cautelares em decisão da última segunda-feira (12).

Taques e Reinheimer são acusados de terem participado de um esquema de lavagem de dinheiro desviado do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran). O crime foi descortinado na segunda fase da Operação Bereré - Operação Bônus -, em 2018.

O empresário pediu à Justiça para ser liberado à noite e nos dias de folga alegando que está cumprindo todas as obrigações impostas pelo juízo. O pedido foi aceito pelo desembargador do José Zuquim.

Dois dias depois, na quarta-feira (14), Taques solicitou que o mesmo benefício concedido a Reinheimer seja estendido a ele. “Ao(s) 14 dia(s) do mês de agosto de 2019, faço a estes autos a juntada da Petição protocolada sob n. 52862/2019 em 14/08/2019, subscrita pelo Dr. RODRIGO LEITE DA COSTA - Procurador de PAULO CESAR ZAMAR TAQUES, requerendo EXTENSÃO DE BENEFÍCIO”, diz trecho do pedido, que ainda não foi avaliado pelo desembargador.

Além de Paulo e Reinheimer, são alvos da ação: o ex-deputado estadual Mauro Savi, o ex-governador Pedro Taques, Valter José Kobori e Claudemir Pereira dos Santos.

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE