Cuiabá, 19 de Novembro de 2018

CONTRA O TEMPO

Quarta-feira, 11 de Julho de 2018, 16h:18 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Medeiros revela que falhou candidatura ao governo pela frentinha e PSC articula com DEM

Luana Valentim

(Foto: Senado Federal)

senador jose-medeiros.jpg

 

O senador José Medeiros (Podemos), revelou em entrevista na manhã desta quarta-feira (11), à Rádio Capital FM, que o presidente do Partido Social Critão em Mato Grosso, o deputado federal Xuxu Dal Molin – que faz parte da ‘frentinha’ junto com o PMN, Pros, PRP, Avante e DC –, está articulando com o Democratas que tem como pré-candidato ao governo, o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes.

 

Ele relatou que Xuxu apresentou ao partido o empresário Reinaldo Morais como pré-candidato ao governo e que foi depositado desde então confiança e credibilidade nessa candidatura que hoje está sendo, segundo ele, motivo de chacota. Pois foi apresentado uma candidatura a qual não ocorreu, ocasionando um prejuízo de tempo.

 

“Passamos esse tempo todo conversando, na verdade, só agora ficamos sabendo que o Xuxu está procurando o Mauro para poder conversar, quer dizer, já estavam com o lançamento dessa candidatura, então não era para valer”, completou.

 

Frisou, que o partido se dispôs a trabalhar uma candidatura que no fim, não ocorreu. No entanto, Medeiros declara que ficou sabendo que o PSC já estava articulando com Mendes. “Isso não se faz, perdemos tempo e tivemos um prejuízo muito grande. Mas faz parte da corrida”.

 

Sobre a ‘frentinha’, o senador afirma que continua unida e que irá avaliar o lançamento de uma nova candidatura avulsa, com a possibilidade de poder trabalhar em sua reeleição, para manter as candidaturas proporcionais – deputados estaduais e federais – e decidir se irá fechar com outro candidato ao governo.

 

Porém, ressalta que há outros possíveis candidatos para conversar, como o senador Wellington Fagundes (PR), que pretende disputar ao Palácio Paiaguás. Já com Mendes, o senador relata que a proposta está fechada, ‘porque a gente sabe que lá [DEM] tem candidatos saindo pelo suspiro, pois além do ex-governador Jayme Campos na disputa pelo Senado, tem ainda os pré-candidatos Carlos Fávaro (PSD) e Adilton Sachetti (PRB) tentando se encaixar para ocupar as duas vagas, está bem formado, mas não vou perder tempo com projetos novos’.

 

Destacando que o diferencial da ‘frentinha’ é permanecer unida, por mais que em outros tempos a preocupação era a questão econômica, agora a situação é outra, pois esse é um momento em que está havendo um assédio muito grande em relação aos partidos. E têm nesse grupo, fortes candidatos como o deputado federal Elizeu Dionizio (PSB) e o vereador Dilemário Alencar (Pros).

 

“Temos candidatos com forte potencial e grande possibilidade de disputar a eleição, exemplo disso é o Elizeu que teve 15 mil votos na última eleição. O Dilemário tem grande possibilidade de ser deputado estadual. Então são partidos que tem interesse de estarem coligados e sabem que juntos eles elegem”, finalizou.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Outubro 2018

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br