Cuiabá, 20 de Março de 2019

POLÍTICA
Terça-feira, 31 de Outubro de 2017, 19h:15

APÓS REUNIÕES

Max Russi afirma que repasses atrasados do Conab serão entregues ao Estado

Da Redação

(Foto: Gcom-MT)

secretário Max-Russi-1.jpg

 

Durante entrevista a uma rádio na Capital, nesta terça-feira (31), o secretário-chefe da Casa Civil, Max Russi, afirmou que o governador Pedro Taques (PSDB), garantiu R$ 140 milhões de recursos atrasados. A quantia faz parte de um repasse da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) travado há mais de 15 anos.

 

A quitação dos repasses foi discutida em uma reunião do governador com o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi (PP), e com o presidente da Conab, Francisco Marcelo Rodrigues Bezerra, na última segunda-feira (30).

 

"O governador teve uma reunião muito boa sobre uma dívida antiga e a possibilidade do pagamento. Na questão orçamentaria, o ministro Blairo Maggi encaminhou e ajudou a resolver esse problema. Por fim, isso - o repasse - foi encaminhado para o pagamento", afirmou Russi.

 

A visita do gestor estadual a Brasília tem como objetivo buscar recursos que o Governo Federal deve repassar ao Estado. Entre eles, o adiantamento do Fex, emendas impositivas e o recurso do Conab. "Nós estamos precisando desses repasses neste momento de dificuldade[...]  o governador falou das necessidades do Estado e que temos que honrar com os pagamentos dos servidores, dos fornecedores e outros ".

 

Conforme o secretário, no momento, o único entrave para o repasse é a aquisição do dinheiro. O próximo passo seria o Conab aderir ao Recis, até o dia 10 de novembro. Após isso, a gestão estadual aguarda a quantia no caixa do governo até o fim do próximo mês.

 

 

"Caso esse recurso chegue antes do dia 10, vamos utiliza-lo para pagar a folha de pagamento dos servidores do Estado. E, posteriormente, cobrir outras necessidades na área da saúde", declarou Russi. (Com informações da Rádio Capital FM 101.9)


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE