Cuiabá, 16 de Outubro de 2018

NA AGRICULTURA FAMILIAR

Domingo, 30 de Setembro de 2018, 16h:51 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Mauro diz que sabe como é viver tirando o sustento da terra e garante especialização

Da Redação

(Foto: Divulgação/Assessoria)

WhatsApp Image 2018-09-30 at 14.38.44 (1).jpeg

 

"Eu sei como é viver tentando tirar o sustento da terra". Foi relembrando a sua infância trabalhando na roça com seus nove irmãos, no interior de Goiás, que o candidato a governador Mauro Mendes (DEM) apresentou as ações que pretende implementar em prol da agricultura familiar, caso seja eleito.

 

Mauro esteve em Tangará da Serra neste sábado (29) e além de fazer uma passeata no centro da cidade, também se reuniu com membros da Cooperativa dos Produtores da Agricultura Familiar de Tangará da Serra e Região e do Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

 

O candidato lembrou que foi criado na agricultura familiar e se emocionou ao falar de seus pais, que infelizmente faleceram antes de ele se tornar prefeito de Cuiabá.

 

"Quando minha mãe partiu, não sabia escrever o próprio nome e não admitia que nenhum de nós reprovássemos na escola para não passar a vergonha que ela sentia. Meu pai e minha mãe partiram sem ver eu realizar o sonho que eu tinha de ajudar as pessoas por meio da administração pública", contou.

 

Na reunião, as lideranças locais e os representantes da cooperativa e do sindicato reclamaram que a atual gestão do Governo do Estado "não fez nada pela agricultura familiar". Para o candidato, a melhor maneira de apoiar a agricultura familiar é dar as condições para ela crescer e se desenvolver, especialmente com a qualificação dos pequenos produtores.

 

"Precisamos reorganizar, identificar as melhores competências de produzir e especializar os produtores, para que os produtos também ganhem os grandes mercados brasileiros", afirmou.

 

Mauro exemplificou que o abacaxi produzido na região, com a devida especialização, pode se tornar competitivo ao ponto de ser levado a outros Estados e até fora do Brasil.

 

"A alface que produzimos aqui em Tangará só poderá ser consumida aqui perto, por conta da validade. Mas, o abacaxi pode ser exportado se fizermos um trabalho de especialização da agricultura familiar e desenvolver uma cadeia, com técnica. Isso vai também atrair empresas para industrializar esses produtos", explicou.

 

De acordo com Mauro, existem 100 mil famílias em Mato Grosso que vivem da agricultura familiar e, por isso, esse setor precisa ser tratado com prioridade pelo Estado.

 

"Precisamos dar uma atenção maior à agricultura familiar. Vamos fazer com que essas cadeias produtivas se organizem. A Empaer tem um papel determinante na organização desse setor e vamos fazer a Empaer ter uma atuação mais forte e eficaz", ressaltou. 

 

Também participaram do encontro os candidatos ao Senado, Carlos Fávaro (PSD) e Jayme Campos (DEM); 

 

Propostas

 

Em seu plano de governo, Mauro traz várias propostas voltadas para a agricultura familiar. Entre elas estão: manter o investimento do FETHAB – Fundo Estadual de Transporte e Habitação no setor da Agricultura Familiar; melhorar a atuação da Empaer no interior, prestando assessoria para os pequenos produtores; realizar parceria com o Senar para cursos aos pequenos produtores;  intensificar e aprimorar Programa de Regularização Fundiária através do Intermat.

 

No programa de Mauro também consta estimular e incentivar a implantação de projetos de cooperativas voltadas para agricultura familiar; investir em pesquisas com a Unemat, Empaer, Embrapa e Famato para produção de mudas apropriadas ao clima e solo de Mato Grosso; intensificar parcerias com os municípios para abertura e manutenção de estradas rurais/vicinais; entre outros.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Setembro 2018

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br