Cuiabá, 18 de Outubro de 2018

PARA MATO GROSSO

Terça-feira, 19 de Dezembro de 2017, 15h:23 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Kassab e Taques lançam programa Internet Para Todos

Lara Belizário

Kassab

 

O ministro de Comunicações, Gilberto Kassab (PSD), esteve nesta terça-feira (19), em evento na Assembleia Legislativa (AL), para apresentar junto com governador Pedro Taques (PSDB), o programa Internet Para Todos.

 

Durante o evento que contou ainda com a participação do vice-governador, Carlos Fávaro (PSD), e do secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Domingos Sávio -, o gestor estadual não deixou de ressaltar a importância do programa para o desenvolvimento do Estado. Já o ministro, apresentou o programa e, também recordou que o Mato Grosso é o primeiro a recebê-lo na região Centro Oeste.

 

“O que trazemos hoje aqui para Mato Grosso é a oportunidade de que todos aqueles que estão no Brasil possam ter acesso ao conhecimento. Hoje, este é o maior programa de inclusão social do país, a oportunidade de que todos os cidadãos brasileiros tenham acesso à internet.

 

Ainda conforme o ministro, além de levar conhecimento, o programa também deve gerar mais oportunidades àquelas crianças que não tenham acesso à internet. E, assim, fazer com que elas tenham a chance de se sobressair no mercado de trabalho quando crescerem.

 

Para participar do programa, primeiro o município deve identificar as localidades onde não existem acesso. Após isso, a informação deve ser repassada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, que deve enviar ao local uma antena.

 

A antena da internet por satélite será instalada em um terreno concedido pela prefeitura. Depois disso, o acesso será disponibilizado para o cidadão por um pequeno custo.

 

“Internet hoje é entretenimento, cultura, oportunidade, na saúde, na escola, e é isso que chega hoje a Mato Grosso. Um programa de levar a todos os municípios do Brasil”, declarou.

 

Em São Paulo

 

Enquanto o ministro de Comunicações participava do evento nesta manhã, o Ministério Público de São Paulo (MP/SP) moveu, contra ele, uma ação de improbidade administrativa. Segundo a denúncia, ele teria participado de um esquema onde teria recebido, via caixa 2, R$ 21,3 milhões da empreiteira Odebrecht, entre os anos de 2008 e 2014.

 

A suspeita de receptação de propina, segundo os depoimentos colhidos pelo MP/SP, foram de que Kassab teria recebido R$ 3,4 milhões em 2008, quando disputava a reeleição para a prefeitura. E mais R$ 17,9 milhões nos anos de 2013 e 2014. Os promotores continuam com as investigações. (Com informações da Veja)

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Setembro 2018

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br