Cuiabá, 24 de Maio de 2018

APENAS EM MARÇO

Terça-feira, 05 de Dezembro de 2017, 11h:31 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Juiz nega pedido de Botelho para deixar PSB

Da Redação

(Foto: Reprodução)

botelho.jpg

 

O juiz membro do Tribunal Regional Eleitoral (TER-MT), José Antônio Bezerra Filho negou o pedido de liminar do deputado estadual Eduardo Botelho para deixar o Partido Socialista Brasileiro (PSB), antes mesmo da janela partidária que ficara disponível apenas em março de 2018.

 

Conforme a decisão do magistrado, a direção nacional da sigla precisa responder às alegações de Botelho. A ação foi protocolada em novembro.

 

“Eu tinha pouca esperança porque sabia que podia ser negado o pedido. Mas, tenho convicção que no mérito posso ganhar”, estimou.

 

 

Para Botelho, a argumentação gira em torno da decisão do diretório nacional para destituir a direção da sigla em Mato Grosso.

 

“Nós fomos retirados da sigla. Eu era da direção e fui prejudicado como os demais colegas por uma ação autoritária. Por isso, entrei na Justiça e ainda espero que posso ganhar a ação”, detalhou.

 

 

Ainda conforme Botelho, além dele o secretário da Casa Civil, Max Russi e os deputados Oscar Bezerra, Mauro Savi e Adriano Silva também estão na mesma situação que a dele.

 

 

Nesta semana, todos os dissidentes do PSB se reúnem para começar a definir o futuro político em termos partidários.

 

 

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Abril 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade



Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br