Cuiabá, 10 de Dezembro de 2018

OPERAÇÃO DEJÁ VU

Sexta-feira, 03 de Agosto de 2018, 09h:10 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Investigação aponta que desvio com supostas "notas frias" teria sido mais de meio milhão

Claryssa Amorim
Da Redação

(Foto: Alair Ribeiro)

OPERAÇÃO DEJÁ VU2.jpg

 

Investigações da operação “Dejá Vu”, deflagrada nesta quinta-feira (2), apontam que foi desviado por meio de “notas frias” mais de R$ 500 mil de Verba Indenizatória na Assembleia Legislativa de Mato Grosso. O presidente da Casa de Leis, Eduardo Botelho (DEM), revelou que recebeu poucas informações sobre a operação, mas que a suspeita seria de ‘notas frias’ por meio das Vis, usando laranjas.

 

Os alvos da operação na Assembleia Legislativa são Nininho (PSD), Zeca Viana (PDT), Wancley Carvalho (PV) e José Riva (PSD), além do ex-deputado Walter Rabelo – falecido.

 

Segundo o Ministério Público Estadual (MPE), por meio do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) as fraudes seria o pagamento de serviços não prestados entre os anos de 2012 a 2015.

 

Os promotores de Justiça esclarecem que a medida judicial foi necessária em razão dos gestores da Assembleia terem se recusado a entregar os documentos, alegando que não haviam encontrado nada relativo ao assunto.

 

Estão envolvidas no esquema, as empresas GB de Oliveira Comércio ME, HC da Costa Campos e Cia Ltda ME, VPS Comércio ME e VH Alves Comércio ME.

 

Durante a operação, foram apreendidas em torno de 90 supostas notas frias, que tiveram como destinatários os deputados citados na investigação.

 

Atualmente, os parlamentares recebem R$ 65 mil, no entanto, até 2014 era de R$ 35 mil. Conforme decreto, os deputados recebem o valor diretamente pela conta bancária. Até 2014, era necessário que os deputados estaduais comprovassem os gastos da verba indenizatória com notas fiscais. Já, atualmente, não há necessidade desta comprovação nos gastos de R$ 65 mil.  

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Nov 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br