Cuiabá, 13 de Novembro de 2018

ESTUDANDO LEGENDAS

Terça-feira, 10 de Julho de 2018, 09h:29 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Fávaro diz que está em fase de conversações, mas declara afinidade com DEM

Da Redação

(Foto: Assessoria)

Fávaro 2.jpg

 

O ex-vice-governador e pré-candidato ao Senado, Carlos Fávaro (PSD), deve bater o martelo ainda esta semana a respeito do partido que vai se coligar. 

 

O social democrata estuda entre as legendas republicana e democrata, respectivamente, do pré-candidato Wellington Fagundes e do ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes [ambos irão disputar no Palácio Paiaguás].

 

O cacique da legenda em Mato Grosso, Fávaro garantiu que ainda está em fase de conversações com os dois pré-candidatos.

 

“Estamos conversando. Nós vamos reunir a Executiva do partido, com as principais lideranças e vamos definir para colocar fim às especulações de onde o PSD vai”, destacou Fávaro.

 

Ele enfatizou que a situação já estaria bem encaminhada e que a decisão final, conquanto, será por meio de votos dos membros do partido, além dos quatro deputados estaduais que irão disputar a reeleição.

 

Fávaro ainda revelou que está cumprindo rigorosamente a decisão do dia 21 de março, quando foi deliberado que a legenda teria liberdade de conversar e construir uma aliança, mas que não tomaria sozinho a decisão. “O partido tem lideranças importantes e eu vou respeitar. Vou respeitar os deputados estaduais, os prefeitos e os membros da executiva”.

 

O cacique do Partido Social Democrático analisa em qual chapa a sua pré-candidatura ao Senado seria mais viável, destacando sua afinidade com o partido de Mendes que aparece como o primeiro colocado nas pesquisas, o que pode pesar na hora da escolha dos membros.

 

“A afinidade com Mauro favorece, porque você não vai com quem não tem afinidade. Mas claro que tenho uma convivência amistosa com o Wellington também. Não tem divergência com ninguém”, explicou.

 

Porém, ele observa que tanto no arco de aliança do DEM quanto no PR, irá enfrentar outros fortes pré-candidatos que declararam interesse no espaço nessas coligações, por exemplo, o deputado federal Adilton Sachetti (PRB) que pretende ocupar uma das duas vagas ao Senado no DEM junto com o ex-governador, Jayme Campos, que está em primeiro lugar nas pesquisas.

 

Analisando que Sachetti, já possui o voto declarado do ministro da Agricultura Blairo Maggi. 

 

E apesar da acirrada disputa, Fávaro declara que sua pré-candidatura ao Senado é martelo batido, não pretendendo disputar outro cargo.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Outubro 2018

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br