Cuiabá, 19 de Março de 2019

POLÍTICA
Quinta-feira, 14 de Março de 2019, 15h:29

NAS ELEIÇÕES DE 2014

Fagundes recebeu doação de mineradora investigada por esquema de desvio de R$ 700 mi

Única News
Da Redação

Assessoria

O senador Wellington Fagundes (PR) recebeu uma doação de R$ 150 mil da empresa Cavalca Construções e Minerações Ltda, durante as eleições de 2014, quando se elegeu senador da república. A empresa é investigada pela Policia Federal por suposto esquema de desvio de R$ 700 milhões em verbas públicas, por meio de obras de estradas federais em Rondônia e Acre.

De acordo com a reportagem do jornal O Globo, Arlindo Cavalca, sócio-proprietário da mineradora, foi um dos alvos da Operação Buracos, deflagrada pela PF em 2017, chegando a ser conduzido coercitivamente para prestar esclarecimentos.

Em nota ao jornal, a assessoria do senador mato-grossense afirma que as doações de campanha através de empresas, quando permitidas, jamais comprometeram a atuação do parlamentar. Segundo a nota, a citada doação, à época, estava na prestação de contas, aprovada sem restrição pela Justiça Eleitoral.

Fagundes é membro da CPI que investiga a tragédia de Brumadinho. Além dele, outros cinco senadores da Comissão receberam doações eleitorais de mineradores. (Com O Globo)


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE