Cuiabá, 24 de Setembro de 2018

EM CUIABÁ

Terça-feira, 13 de Março de 2018, 11h:14 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Disputa com adjunto e falta de remédios derrubam secretária na Saúde

Da Redação

(Foto: Sicom/Prefeitura)

secretária Elizeth Lúcia Araújo.jpg

 

A secretária Elizeth Lúcia Araújo deverá ser o principal nome - em meio às mudanças que deverão ser anunciadas nesta terça-feira (13) -, pelo prefeito de Cuiabá, o emedebista Emanuel Pinheiro (MDB). As mudanças no staff devem ser realizadas muito possivelmente por meio de coletiva de imprensa.

 

Já há alguns dias, o gestor cuiabano vinha prometendo anunciar uma profunda reforma na cúpula da Secretaria de Saúde com a troca de 11 servidores. Mas a crise dos medicamentos, denúncia no Pronto Socorro e ainda eventos como falta de remédios em várias policlínicas da Capital e a invasão da UPA do Morada do Ouro acabaram antecipando a decisão sobre a saída da gestora de saúde. 

 

A alegação para a saída, claro, é bem mais elegante. Como, por exemplo, a falta de harmonia interna entre a equipe.  Mas, segundo informações de bastidores, além da falta de medicamentos, o adjunto Milton Correa e a secretária titular estavam em rota de colisão prejudicando os trabalhos da pasta.

 

Deve substituir Elizeth, o médico e servidor de carreira Huark Douglas Corrêa, que ocupará o cargo interinamente. Ele é o atual diretor da Empresa Cuiabana de Saúde, responsável pela direção do Hospital São Benedito.

 

Além dela, outros três adjuntos deixaram os cargos. São eles: Milton Correa da Costa Júnior (Atenção Básica), Elizete Adriana Aleixo (Gestão) e Dúbia Beatriz Oliveira (Planejamento  e Operações).

 

Também serão exonerados vários diretores e coordenadores: Larissa Raquel (Atenção Básica), Marinete de Araújo Meira (Rede de Avaliação), Mônica Souza (Rede Administrativa), Elizete Ferreira de Souza (Rede administrativa no pronto-socorro), Arlete Maria de Sá (Planejamento), Fernanda Laurendes (chefe de gabinete), Cláudia Rodrigues Assunção (Adminsitração e Financeiro), Flávio Eduardo Barbosa (Atenção Secundária).

 

Nos próximos dias, a prefeitura irá colocar cerca de R$ 130 milhões em medicamentos nas unidades de saúde para enfrentar a falta de vários produtos. Além disto, o novo secretário irá priorizar a conclusão do novo pronto-socorro no bairro Ribeirão do Lipa, que precisa, até pelas promessas de Pinheiro, estar pronto para o aniversário da Cidade, em 8 de abril. 

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Agosto 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br