Cuiabá, 19 de Março de 2019

POLÍTICA
Quinta-feira, 14 de Março de 2019, 09h:24

CPI DA SONEGAÇÃO

Deputados não entendem decisão da base governista, mas iniciam trabalhos da CPI

Fernanda Nazário
Da Redação

Única news

Após o líder do governo na Assembleia, Dilmar Dal Bosco (DEM), escolher Carlos Avalone (PSDB) como titular da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará a sonegação e renúncia fiscal em Mato Grosso, o deputado Wilson Santos (PSDB) anuncia desistência da relatoria e diz que continuará na presidência.

O tucano esperava o anúncio de Thiago Silva (MDB) como titular, o que não aconteceu, deixando os parlamentares insatisfeitos, pois desde o início o emedebista era cotado para assumir a presidência, já que Wilson tinha mais “simpatia” pelo cargo de relator. “Não sei o que aconteceu dentro da base governista, mas Thiago vai poder participar normalmente da CPI, como qualquer outro deputado. Ele só não vai poder votar”, explica.

Na tribuna, durante sessão plenária desta quarta-feira (13), Thiago Silva reclamou sobre a escolha de Avalone como titular, ex-secretário de Desenvolvimento Econômico – pasta que, justamente, comandava a concessão dos incentivos até o final do ano passado.

“Eu não fui eleito por nenhum segmento econômico, fui eleito pelo povo e vou colaborar com a CPI. Precisamos averiguar de forma profunda esses incentivos, se realmente está tendo retorno para o Estado”, disse.

Além de Wilson e Avalone, também são membros titulares da CPI, Janaina Riva (MDB), Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD) e Max Russi (PSB). Na suplência estão João Batista (Pros), Elizeu Nascimento (DC), Dilmar Dal Bosco (DEM), Dr. Eugênio (PSB) e o Thiago Silva.

A primeira reunião da CPI ocorre nesta quinta-feira (14), às 14h, de portas fechadas. Com os nomes já oficializados, o relator vai ser escolhido ainda nesta reunião. As opções para a relatoria são Nininho ou Janaina, porém a deputada avisa que não tem interesse na função, porque exige um tempo maior de dedicação, e este não é o melhor momento para a parlamentar.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE