Cuiabá, 18 de Julho de 2018

MEDIDA PROVISÓRIA

Quinta-feira, 31 de Maio de 2018, 17h:00 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Caminhoneiros de veículo com eixo suspenso serão isentos em pedágio

Da Redação

(Foto por: Rafael Manzutti | SINFRA-MT)

Com rodovias melhores, Estado vai impulsionar escoamento da produção do agronegócio

 

O governador Pedro Taques determina o cumprimento da medida provisória 833/2018, de isenção dos eixos suspensos para caminhões vazios conforme anunciado pelo presidente Michel Temer no último domingo. A medida passará a valer a partir de zero hora desta quinta-feira (31). 

 

A decisão suspendendo a cobrança faz parte do acordo firmado pelo Governo Federal para que os caminhoneiros encerrem a greve. 

 

A ordem foi repassada às concessionárias pela Agência de Regulação dos Serviços Públicos e Delegados do Estado de Mato Grosso (AGER).


 
Com a medida implantada, a AGER com apoio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística  (Sinfra) fará a devida apuração de valores de desequilíbrio das Concessionárias e, a partir da semana que vem, estabelecerá contatos com todas para definir a melhor forma de reequilíbrio.

 

Greve dos caminhoneiros

 

Os caminhoneiros paralisaram e bloquearam rodovias de todo o Brasil durante 10 dias protestando contra o reajuste do combustível anunciado pela Petrobrás. Os protestos ocorrem n em 30 pontos na BR-070, BR-174, BR-158, BR-364, BR-163, MT-358 e MT-480.

Mesmo depois de o governo do presidente Michel Temer (MDB) ceder à pauta dos caminhoneiros em greve e reduzir em 0,46 centavos por litro o preço do óleo diesel, entre outras medidas, a paralisação entra no seu nono dia, em Mato Grosso, os caminhoneiros mantiveram bloqueios em rodovias.

Reunião realizada no Palácio Paiaguás, após negociação nesta segunda-feira (28), o governo de Mato Grosso anunciou a redução em R$ 0,17 no litro diesel no Estado. Estavam presente na reunião representantes da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat), do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis de Mato Grosso (Sindipetróleo) e do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas do Estado (Sindimat).

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

1 Comentários

  1. tjraai - 04/06/2018

    Depois toda paralização ainda está acontecendo isso! Eita Brasil veio por isso não vamos pra frente. Pedágio Sorriso Mt https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1031635623652100&id=100004170150306

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA

Edição Atual

Ed. Junho 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br