Cuiabá, 16 de Outubro de 2019

POLÍCIA
Terça-feira, 06 de Agosto de 2019, 20h:33

LATROCÍNIO

Suspeito de matar empresário em Cuiabá é preso após 4 anos

Única News
Com Assessoria

(Foto: Divulgação/PJC)

Um crime de roubo seguido de morte ocorrido em Cuiabá no ano de 2015, foi elucidado pela Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf). Com autoria definida, um dos autores teve o mandado de prisão cumprido no estado de Goiás.

A ação para cumprimento da ordem judicial de prisão, decretada pelo juízo da Comarca Criminal de Cuiabá, contou com apoio da Polícia Civil de Goiás.

O latrocínio aconteceu na noite do dia 27 de novembro de 2015, em uma distribuidora de bebidas localizada no bairro Novo Colorado. O proprietário Joilson Pereira Conceição foi morto a tiros ao reagir o assalto.

A vítima trabalhava no estabelecimento, quando dois indivíduos chegaram em uma motocicleta. Em seguida, um dos suspeitos, armado, desceu do veículo e anunciou o assalto. Porém ao tentar evitar a ação dos criminosos, Joilson Pereira Conceição, acabou sendo alvejado por três disparos de arma de fogo.

O roubo seguido de morte foi praticado na presença da esposa e do filho da vítima, além de alguns clientes da distribuidora. Logo após o crime, os suspeitos fugiram do local.

Nas investigações foi possível descobrir os dois envolvidos, moradores do estado de Goiás. Sendo tamém possível levantar a identificação deles. Juliano era querm conduzia a motocicleta e Rafael foi autor dos disparos.

Durante as diligências foi apurado que Rafael Arcanjo da Silva foi morto no início deste ano (2019), após troca de tiros com a polícia da cidade de Goiânia. Bem como o segundo investigado, Juliano Alves de Souza, encontra-se recolhido em uma unidade prisional também em Goiânia, acusado de outro homicídio.

De posse das informações e com o mandado de prisão preventiva representado pela Derf-Cuiabá pelo crime de latrocínio, foi solicitado apoio a Polícia Civil de Goiás para cumprimento da referida ordem judicial de prisão em aberta.

OUTRA PRISÂO – A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf) em cumprimento a um mandado judicial de prisão expedido pela 2ª Vara Criminal da Capital, prendeu Carolina Santana Gouvea de 29 anos.

A suspeita responde processo criminal, em fase de execução de sentença com pena imposta de mais de 5 anos de prisão, pela prática de roubo majorado. Segundo apurado, a mesma e seus comparsas agiam na região do Bairro São João Del Rey, em Cuiabá.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE