Cuiabá, 12 de Dezembro de 2017

DIA DE LUTA

Quinta-feira, 07 de Dezembro de 2017, 08h:48 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Só este ano mais de 100 mulheres sofreram assédio sexual em MT

Rayane Alves

Reprodução

mulher assediada

 

Pelo menos 136 mulheres foram vítimas de assédio sexual neste ano, em Mato Grosso, segundo os dados da Secretaria de Estado de Segurança (Sesp-MT). O número é 25% maior se comparado com o mesmo período do ano passado, quando houve registro de 108 casos.

 

Para protestar contra o assédio sexual e moral, 50 mulheres foram na tarde de quarta-feira (06), até a Praça Monumento Ulisses Guimarães, localizada na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, em Cuiabá.

 

Segundo a presidente do Conselho Estadual de Direitos da Mulher, Jocilene Barboza dos Santos, a maioria dos casos foram registrados no ambiente de trabalho, sendo que 80% das denúncias aconteceram no setor público.

 

“Apesar dos números pareceram baixo para a população feminina de todo o Estado, as ocorrências continuam sendo desastrosas para quem sofre e passa a ter diversos problemas psicológicos”, avaliou. 

 

A Lei 10.224/2001 passou a considerar o assédio sexual como crime. Para a Justiça, o ato é uma manifestação sensual ou sexual alheia à vontade da pessoa que se dirige. E, essas situações precisam ficar esclarecidas que são propostas inadequadas que constrangem, humilham e amedrontam.

 

“Por isso, decidimos protestar justamente no Dia do Laço Branco, para não dizer não ao assédio e afirmar que a mulher tem sim o controle da sua própria sexualidade”, destacou a presidente.

 

O laço Branco lembra um fato registrado no dia 6 de dezembro de 1989 onde um homem de 25 anos entrou armado em uma escola no Canadá e matou 14 mulheres e deixou outras 14 feridas, por isso a data foi escolhida para relembrar o machismo que destruiu vida de muitas famílias. 

 

“Nós também convidamos os homens a participar sempre do nosso movimento porque sabemos que não são todos que aderem a este tipo de comportamento ilegal”, disse.

 

Consequências 



Uma das consequências que o assédio sexual causa são os impactos sérios e negativos na saúde física e emocional das mulheres que sofrem. Um dos efeitos relatados pelas vítimas é a ansiedade, depressão, perda ou ganho de peso, dores de cabeça e distúrbio no sono. 

 



Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Novembro 2017 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade



Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br