Cuiabá, 23 de Maio de 2019

POLÍCIA
Quarta-feira, 13 de Março de 2019, 20h:16

EM MATO GROSSO

Sete pessoas com mandados de prisão em aberto são detidas

Única News
Com assessoria

(Foto: PM-MT)

Sete pessoas foram presas com mandando de prisão em aberto. As ocorrências foram registradas em Barra do Garças, Cáceres, Rondonópolis, Guiratinga e Mirassol D’Oeste, na segunda e terça-feira (11 e 12).

Em Barra do Garças, dois homens foram recapturados. Um no bairro Santo Antônio, quando os policiais faziam rondam e observaram P.R.I.S. de 41 anos, em atitude suspeita. Em consulta foi identificado um mandado de prisão em aberto.

No bairro São Gonçalo, o menor H.S.L.G., de 17 anos estava sendo procurado pela Delegacia Especializada do Adolescente. Os policiais já tinham tentado aborda-lo, na semana passada, mas conseguiu fugir pulando vários muros. Ele foi encaminhado à delegacia.

Em Rondonópolis, duas pessoas também foram recapturadas. Em uma das ocorrências os policiais auxiliaram o oficial de justiça na prisão de D.S.S. de 32 anos no bairro Distrito Industrial. No bairro Carlos Bezerra II, os policiais realizavam ronda quando abordaram R.F.S.F. de 37 anos e foi constatado um mandado de prisão em aberto.

Em Guiratinga, no bairro Santa Maria Bertila, policiais realizavam patrulhamento quando abordaram T.C.R., de 43 anos, com mandado em aberto. Ele foi encaminhado à delegacia para as devidas providências.

Em Mirassol D’Oeste, L.M., de 34 anos, que usa tornozeleira eletrônica, não tinha autorização para se ausentar da residência, após às 20h. Com o descumprimento da ordem judicial, ele foi entregue na delegacia.

Em Cáceres, policiais observaram atitude suspeita de N.M.S., de 40 anos, que andava pelo bairro Jardim Lucélia. Ele apresentou nervosismo e foi abordado. Em seu nome constava um mandado de prisão em aberto na Comarca de Mirassol D’Oeste.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE