Cuiabá, 24 de Maio de 2018

EM CUIABÁ

Sábado, 17 de Fevereiro de 2018, 08h:35 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Operação Integrada de Trânsito registra quase 70 autos de infração

Da Redação

Reprodução

OPERAÇÃO TRÂNSITO

 

Forma registrados 69 autos de infração de trânsito e recolhidos 31 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), durante a Operação Integrada de Trânsito, realizada nesta sexta-feira (16), na Avenida Ciriaco Cândia, no bairro Santa Isabel.

 

Ao todo, 1.271 veículos passaram pelos Leitores Ópticos de Caracteres (OCRs), que estão acoplados nas viaturas da Polícia Militar e da Polícia Judiciária Civil – auxiliando no trabalho de verificação das placas. Em 249 veículos o alarme foi acionado.

 

Cinquenta veículos foram removidos, sendo 44 carros, uma carretinha, quatro motos e um caminhão. Uma pessoa foi presa por desobediência e outra por falsificação, além de três carteiras de habilitação recolhidas.

 

O coordenador do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), da Sesp, major PM Rafael Dias Guimarães, disse que ações como esta inibem as práticas de delitos na direção. “Estamos fazendo constantemente a Operação Integrada de Trânsito. A meta é ampliar ainda mais para promover a conscientização dos condutores”, destacou.

 

Major Rafael explica ainda que cada viatura possuí duas câmeras instaladas no teto e que elas captam placas num ângulo que alcança veículos em trânsito e estacionados. No interior das viaturas há um computador que acessa o banco de dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Essas informações são atualizadas diariamente, o que possibilita verificar se os automóveis com as placas filmadas são furtados, roubados ou irregulares. 

 

“Os equipamentos são locados pelo Detran, e sua utilização é fruto de uma parceria entre a Sesp, Detran, Polícia Militar e Polícia Judiciária Civil. Ainda há previsão de instalar em mais viaturas, expandindo o sistema, tanto em viaturas da PM como da PJC”.

 

O presidente do Detran, Thiago França destaca que o trabalho integrado tem papel fundamental não apenas na segurança viária, mas também na segurança pública. “As ações nesse contexto de preservação da vida são de extrema importância”.

 

Delegado titular da Deletran, Christian Alessandro Cabral, comenta a utilização da OCR.  “Esses equipamentos foram adquiridos devido ao alto índice de irregularidades na frota de veículos em circulação no Estado. A média no Estado beira a 50%. Temos municípios no Estado em que mais de 70% da frota está irregular. E durante essas operações temos nos surpreendido devido ao alto índice de veículos irregulares”.

 

O comandante do Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário de Mato Grosso, tenente coronel Esnaldo de Souza Moreira frisa que o trabalho integrado fortalece as ações das instituições dando mais celeridade no processo de abordagem. “Cada entidade tem a sua responsabilidade. Ao Batalhão de Trânsito cabe o planejamento e a segurança no local e somando as outras entidades conseguimos êxito em todo trabalho”.

 

A operação também contou com a participação dos agentes da Guarda Municipal de Várzea Grande e da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) de Cuiabá.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Abril 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade



Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br