Cuiabá, 20 de Outubro de 2018

RISCO NO WHATSAPP

Quinta-feira, 14 de Junho de 2018, 13h:08 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Namorado suspeito de tentar matar mulher após ver mensagens, é preso

Da Redação

(Foto: Divulgação/PJC)

policia civil.jpg

 

A Polícia Judiciária Civil de Juína (735 km a Noroeste) prendeu um suspeito de tentativa de homicídio que efetuou disparos de arma de fogo contra a namorada de 37 anos, após desentendimento ao ler mensagens no celular da vítima.

 

A captura do suspeito Deovacir Pereira da Silva, 39, conhecido como “Pequeno” foi feita em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pelo Judiciário após representação do delegado Marco Bortolotto Remuzzi.

 

A prisão ocorreu na tarde de quarta-feira (13) na zona rural do município. Com o suspeito foi apreendido um revólver calibre 38, que será periciado para verificar se pode ter sido utilizado na tentativa de homicídio. Além do mandado de prisão foi feita a autuação em flagrante por posse irregular de arma de fogo.

 

A vítima e o suspeito tinham um relacionamento recente (cerca de 03 meses) mas Deovacir já tinha demonstrado comportamento agressivo e ciumento. Em uma festa promovida na casa da vítima, Deovacir teria visualizado uma mensagem no celular da vítima e em seguida partido em direção à namorada.

 

Em meio à discussão, por volta das 23h de domingo (10), ele teria empurrado a vítima, se negando a devolver o celular, ele ainda investiu em sua motocicleta contra a mulher buscado “prensá-la” junto ao muro, não conseguindo por ter caído do veículo.

 

O suspeito retornou à casa da vítima às 04h da manhã de segunda-feira (11). Após chamar a mulher, e ela não abrir o portão, efetuou três disparos do lado de fora da residência. Um dos tiros atingiu de raspão o lado esquerdo do abdômen da vítima que caiu ao solo desmaiada. O suspeito foragiu.

 

A mulher que deu abrigo ao suspeito em sua propriedade rural (Comunidade São Pedro) também foi conduzida à delegacia na quarta-feira (13), e deve responder pelo crime de favorecimento pessoal.

 

Investigação

 

A Polícia Civil de Juína tem se notabilizado por oferecer, de forma técnica e ágil, pronta resposta às investigações de crimes de homicídios consumados e tentados perpetrados na região, destaca o delegado de polícia Marco Bortolotto Remuzi. “Toda a equipe policial esta mobilizada dia e noite, ininterruptamente, para especial elucidação dos crimes contra a vida”.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Setembro 2018

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br