Cuiabá, 20 de Janeiro de 2020

POLÍCIA
Domingo, 03 de Novembro de 2019, 16h:35

SEM PISTAS

Mãe de Samuel, desaparecido há 14 dias, diz "estar sem chão" com o sumiço do filho

Elloise Guedes
Única News

(Foto: Divulgação)

Sem notícias e nem pistas sobre o paradeiro do menino Samuel Victor da Silva Gomes Carvalho, de seis anos, que está desparecido há 14 dias, a mãe do menino, Anelice Silva, disse à reportagem do Única News estar "sem chão" com a ausência do filho. Samuel desapareceu no dia 20 de outubro, do bairro Jardim Iguassu, em Rondonópolis (a 218 km de Cuiabá).

De acordo com a Polícia Civil, que investiga o caso, as buscas continuam em toda cidade. A família vem recebendo muitos trotes, o que atrapalha bastante as investigações. As pessoas que falsamente enviaram pedido de resgate à família, se aproveitando do momento de fragilidade, responderão por extorsão.

De acordo com Anelice, o menino faz acompanhamento psicólogo por ser hiperativo. Ele desapareceu em uma tarde de domingo, quando saiu para brincar com amigos e não foi mais visto.

A mãe de Samuel, mesmo no momento de dor, concedeu a entrevista e pediu ajuda para a população mato-grossense a tentar encontrar seu filho, principalmente aos moradores de Rondonópolis.

"Se alguém ver ele, chama a polícia, ou se alguém estiver com ele, nos entregue. Nós da família já não aguentamos mais tanta dor. Parece que tiraram um pedaço da gente. Estamos sentindo muita falta dele. Eu daria tudo pra ter ele de volta em casa", disse a mãe de Samuel, bastante emocionada.

No dia 27 de outubro, familiares e amigos de Samuel realizaram uma passeata em vários bairros da cidade pedindo ajuda para a população.

(Foto: Arquivo Pessoal)

samuel e mãe

 

Anelice disse ainda que, qualquer informação que seja verdadeira, seja informada à polícia. Há uma urgência ainda maior, pois Samuel precisa de ser acompanhado de perto por fazer acompanhamento psicólogico.

Cães farejadores

Dois cães farejadores foram usados para ajudar nas buscas por Samuel. Segundo a Polícia Civil, Hórus e Zafira começaram o trabalho na sexta-feira (1°). A polícia também já o procurou em regiões de mata e rio, mas ainda não há pistas do menino.

As buscas continuam

Qualquer informação, basta entrar em contato pelos telefones: (66) 9 9726 7942 Lucineide (avó de Samuel) ou (66) 9 9688 3839 Anelice (mãe do Samuel).

O telefone da Polícia Civil é o 197 ou diretamente pelo 65 3901-4823 e 65 99982-7766.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE