Cuiabá, 14 de Dezembro de 2019

POLÍCIA
Quarta-feira, 30 de Outubro de 2019, 10h:57

CASO SAMUEL

Mãe de menino desaparecido recebe foto de orelha mutilada e polícia nega que seja dele

Elloise Guedes
Única News

(Foto: Arquivo Pessoal)

A mãe do menino Samuel Victor da Silva Gomes Carvalho, de 6 anos, que está desparecido há 10 dias, recebeu uma foto via WhatsApp, de um menino com a orelha mutilada, em que os criminosos afirmavam ser de Samuel e exigiram dinheiro para resgate. A foto foi enviada nessa segunda-feira (28).

A Polícia Civil, que investiga o caso, confirmou que a família recebeu a imagem, mas negou que seja do garoto. Desde sexta-feira (25), oportunistas entram em contato com a família, tantando tirar proveito da situação.

Na manhã de sexta-feira, uma pessoa teria entrado em contato com a família de Samuel e pedido R$ 20 mil de resgate. Em seguida, os familiares teriam informado a Polícia Civil sobre a ligação. A polícia investigou o caso e confirmou que se tratava de um trote.

Segundo a Políca Civil, em relação às pessoas que falsamente enviaram pedido de resgate à família, se aproveitando do momento de fragilidade, responderão por extorsão.

De acordo com informações da mãe de Samuel, Anelice Silva, o menino faz acompanhamento psicólogo por ser hiperativo. A família foi à Câmara de Vereadores de Rondonópolis, na quarta-feira (23), para pedir ajuda para encontrar o menino.

Na última sexta-feira, equipes das forças de segurança (Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros) e funcionários da prefeitura realizaram buscas na região onde mora o garoto, na tentativa de localizar a criança ou alguma pista que pudesse levar a seu paradeiro.

A família de Samuel realizou uma passeata em vários bairros de Rondonópolis (a 218 km de Cuiabá), nesse domingo (27), na tentativa de encontrá-lo. Com cartazes e fotos, amigos e familiares pediam ajuda para a população.

As buscas continuam

Qualquer informação, basta entrar em contato pelos telefones: (66) 9 9726 7942 Lucineide (avó de Samuel) ou (66) 9 9688 3839 Anelice (mãe do Samuel).

O telefone da Polícia Civil é o 197 ou diretamente pelo 65 3901-4823 e 65 99982-7766.

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE