Cuiabá, 21 de Agosto de 2018

CASO VANESSA STEFFANY

Quinta-feira, 28 de Setembro de 2017, 09h:06 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Jovem com marcas de enforcamento tem laudo sobre morte prorrogado

Daffiny Delgado / Única News

Reprodução

namorada de bombeiro

 

Laudo que mostra a causa da morte de Vanessa Steffany Barbosa de Souza, que supostamente teria sido assassinada pelo namorado, o sargento bombeiro militar, Fernando Pascoal de Moraes, ainda não tem prazo para ser entregue a polícia.

 

Por meio da assessoria, a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) chegou a afirmar, na semana passada, que o laudo que aponta as causas da morte de Vanessa, já estaria pronto, e que seria entregue ainda esta semana ao delegado Flavio Stringuetta, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

 

No entanto por meio de nota, a Politec informou que o laudo continua em análise e que não há prazo determinado para chegar a uma conclusão definitiva.

 

"O laudo continua em análise, pois vários exames foram realizados em diversos órgãos da vítima, o que requer tempo de investigação. Portanto, não há prazo determinado para chegar a uma conclusão definitiva”, diz trecho da nota. 

 

Vanessa Steffany foi encontrada morta no dia 19 de agosto, em um córrego na região do Lago do Manso. Inicialmente, a Politec havia divulgado um laudo onde apontou a causa da morte como indeterminada, já que o corpo de Vanessa apresentava hematomas. 

 

Familiares da vítima suspeitam que a jovem foi morta pelo namorado, visto que o relacionamento dos dois era bastante conturbado. 

 

O delegado já interrogou todos os envolvidos no crime e quem pudesse ajudar nas investigações. E o laudo é o documento que falta e o que comprova se houve realmente crime.

 

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. julho 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br