Cuiabá, 18 de Fevereiro de 2019

POLÍCIA
Terça-feira, 09 de Maio de 2017, 08h:27

OPERAÇÃO CONFIDERE

Gerente envolvido em rombo de R$ 15 milhões é preso

A nova fase da operação foi deflagrada nesta segunda=-feira (08), pela Polícia Judiciária Civil

Da Redação

 

 

(Foto: PJC)

 

A Polícia Civil prendeu nesta segunda-feira (08), mais um integrante da organização criminosa, desarticulada em março deste ano, e que colaborou com prejuízos milionários a uma empresa do ramo de fabricação e exportação de metal. A prisão do gerente da empresa se deu em cumprimento a mandado de prisão, após representação da autoridade policial, em nova fase da operação Confidere.

 

De acordo com as investigações, ao total, durante os trabalhos da operação “Confidere”, 22 pessoas foram indiciadas nas cidades de Sorriso, Sinop, Alta Floresta, Tangará da Serra e Rondonópolis.

 

Os suspeitos são investigados por crimes como organização criminosa, furto, lavagem de dinheiro, falsa identidade, falsidade ideológica, receptação e sonegação fiscal. Eles já foram inclusive denunciados pelo Ministério Público.

 

Nesta segunda-feira (08) foi preso pela Polícia Civil o gerente Silvio Modesto, no município de Sinop. De acordo com o delegado de polícia Bruno Sérgio Magalhães Abreu o suspeito tinha clara ligação com o esquema descoberto na investigação e recebia valores financeiros por atuar na execução das vendas ilícitas.

 

A operação

 

Os trabalhos investigativos tiveram início em janeiro deste ano após denúncia da empresa Açometal, sediada em Sinop, por suspeita de prejuízo avaliado em R$ 15 milhões, de que gerentes de alta confiança do estabelecimento estariam desviando materiais, por meio do cancelamento de notas fiscais, fazendo parecer que o material comercializado não tivesse saído do depósito.

 

A Polícia solicitou o seqüestro de bens da organização criminosa, na ordem de R$ 7 milhões em bens móveis e imóveis.

 

Durante as buscas efetuadas na operação Confidere foram apreendidos veículos de luxo, como motocicletas e automóveis.

 

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE