Cuiabá, 14 de Novembro de 2018

APÓS FURTO EM BANCO

Sexta-feira, 10 de Agosto de 2018, 09h:19 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Detento dado como morto em confronto com a PM, aparece em audiência

Da Redação

(Foto: TJMT/Divulgação)

MORTO APARECE EM AUDIÊNCIA.jpeg

 

Um detento que foi dado como morto pela Polícia Militar, após um confronto com policiais na quarta-feira (8), compareceu a uma audiência de justificação no Fórum de Cuiabá, nesta quinta-feira (9). José Bonifácio Nascimento de Barros, de 34 anos, comprovou na audiência que está vivo.

 

Ele foi confundido pela polícia como um dos suspeitos mortos durante a fuga após tentativa de furto de agência bancária em Brasnorte (a 580 km de Cuiabá). 

 

Em nota, a Polícia Militar informou que as identidades dos suspeitos que morreram no confronto com a polícia, foram divulgadas com base em documentos encontrados com os corpos.

 

A audiência agendada era para apurar suposta participação dele no furto. O dentento que foi condenado por furto e cumpre pena em regime semiaberto

 

Entenda o caso

 

O confronto com a polícia foi registrado em uma área de mata no Distrito de Cati, em Juara (a 690 km de Cuiabá).

 

Segundo a Polícia Militar, após o furto, dois homens suspeitos estavam fugindo, quando foram abordados por policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope). Após serem atingidos pela polícia, a PM divulgou a identidade de José Bonifácio Nascimento de Barros e Roney Matos de Oliveira, de 22 anos, que teriam morrido. Eles teriam sido socorridos e levados para o hospital do município, mas morreram minutos depois.

 

Ao corrigir a informação, a instituição afirmou que os suspeitos se tratam, na verdade, de: Kelton Richer da Silva Freitas, de 28 anos e Cleyton Lins, de 29 anos.

 

Os dois fazem parte do grupo que tentou roubar o banco. Cinco homens e uma mulher foram presos por suspeita de envolvimento no crime.

 

Foram presos: Weberton Bruno Soares, de 31 anos, Eriely Cristina dos Santos de Assis, de 24 anos, Janderson Jales da Silva, de 23 anos, Tiago da Silva Pacheco, de 19 anos, Alexandre Martins de Oliveira, de 23 anos, e Pedro Rodrigues de Oliveira, de 23 anos.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Outubro 2018

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br