Cuiabá, 22 de Fevereiro de 2019

POLÍCIA
Segunda-feira, 08 de Janeiro de 2018, 14h:46

INVESTIGAÇÃO

Delegada quer mais prazo para concluir assassinato de personal

Rayane Alves

A delegada da Polícia Civil Alana Cardoso, que comanda as investigações do assassinato do personal trainer Danilo Campos, deve pedir nesta semana mais 30 dias para concluir as investigações.

 

(Foto: Divulgação)

WhatsApp Image 2017-11-09 at 00.39.52.jpeg

 

Nesta segunda-feira (08), completou dois meses do assassinato do jovem. Conforme a assessoria da Polícia Civil, o prazo é necessário para concluir as investigações dos detalhes do crime.

 

Danilo foi executado com cinco tiros na noite de quarta-feira (08), no bairro Jardim Cuiabá, próximo de uma distribuidora de bebidas na rua Ramiro de Noronha.

 

Em depoimento, algumas testemunhas contaram que a vítima foi abordada por dois rapazes em uma motocicleta. O caso foi registrado por volta das 22h. O jovem trabalhava em uma das unidades da Smart Fit.

 

O pai da vítima, o vereador Nilo Campos (DEM), afirmou ao Única News que confia no trabalho da polícia e espera que todos os envolvidos no caso paguem na Justiça.

 

O responsável pela morte seria Guilherme Miranda, que é marido de uma aluna da academia onde a vítima trabalhava. Sem saber que a mulher era casada, Danilo teve um envolvimento com a mulher e o fato acabou virando caso de polícia.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE