Cuiabá, 20 de Janeiro de 2020

POLÍCIA
Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019, 08h:21

OPERAÇÃO SÚCIA

Associações criminosas envolvidas em furtos na região metropolitana são alvos de operação

Única News
Com Assessoria

(Foto: Divulgação/PJC)

Quarenta ordens judiciais, entre mandados de prisão e busca e apreensão, são cumpridos pela Polícia Judiciária Civil, na manhã desta quinta-feira (12), na operação “Súcia”, deflagrada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá.

A operação conta com a participação de 70 policiais civis da Derf Cuiabá, Delegacia de Poconé e da Gerência de Operações Especiais (GOE).

Os mandados, sendo 26 de prisão e 14 de busca e apreensão foram expedidos pela 4ª Vara Criminal de Cuiabá, com base em investigações da Derf para apurar ocorrências de furtos qualificados na Capital.

As investigações iniciaram há 5 meses, sendo identificadas 5 associações criminosas atuantes nos crimes, sendo quatro delas envolvidas em furtos a comércios (empresas, bancos e casas lotéricas) e a outra atuante em furtos a residências.

Durante os trabalhos, foram confirmados, ao menos, 20 furtos cometidos por estas associações criminosas. Dentre os crimes, estão furtos cometidos nas cidades de Chapada dos Guimarães, Várzea Grande e Pontes e Lacerda.

Entre os suspeitos identificados, estão os autores do furto consumado na agência do Banco do Brasil de Pontes e Lacerda, além de envolvidos em furtos em casas lotéricas, farmácias, lojas de peças de veículos etc.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Eduardo Rizzoto de Carvalho, o prejuízo estimado dos furtos realizados chega a R$ 500 mil. “Todas as associações possuíam integrantes capacitados para desativar alarmes, demonstrando a sofisticação nas ações criminosas”, disse o delegado.

“A investigação representa uma resposta da Derf Cuiabá em relação aos furtos cometidos na capital, os quais teriam possibilidade de aumentar em razão do período de Natal”, completou Rizzoto.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE