Igreja Batista Getsemâni

MPF devolve mais de R$ 1 bilhão recuperado pela Lava Jato para a Petrobras

MPF diz que é a maior quantia já devolvida em uma investigação criminal no país.

Por G1 PR, Curitiba

(Foto: Agência Petrobras / Stéferson Faria)

 

O Ministério Público Federal no Paraná (MPF-PR) anunciou, nesta quinta-feira (9), a devolução de R$ 1.034.406.939,75 para os cofres da Petrobras nos próximos dias. A cerimônia de devolução ocorre, nesta manhã, no auditório do MPF em Curitiba.

Até o momento, com esse novo repasse, a quantia já devolvida é a de R$ 2.509.993.677,52.

A procuradora-chefe do órgão, Paula Cristina Conti Thá, afirma que é a 11ª devolução de recursos feita pela força-tarefa da Lava Jato.

O valor foi recuperado meio de acordos de colaboração premiada e de leniência, celebrados no âmbito da Operação Lava Jato com pessoas físicas e jurídicas, além da repatriação de valores decorrentes da renúncia voluntária de um réu.

Da quantia total, 259.807.693,84 estão depositados na conta judicial da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba e devem ser transferidos para a estatal nos próximos dias. Os outros R$ 774.599.245,91 já foram depositados diretamente para a Petrobras.

A quantia já depositada para a empresa é decorrente do acordo de colaboração de Zwi Skornicki, celebrado em conjunto com a Procuradoria-Geral da República (PGR) e homologado junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) no valor de R$ 87.0.83.398,71.

(Foto: Giuliano Gomes/ Agência PR PRESS)

zwi

O engenheiro Zwi Skornicki foi preso na 23ª fase da Operação Lava Jato.

 

O valor também inclui a parcela de R$ 687.515.847.20, da leniência da empresa Keppel Fels.

O montante que resta nas contas judiciais está relacionado a:

  • Parcelas quitadas de 16 acordos com pessoas físicas fechados com a força-tarefa da Operação Lava Jato de Curitiba e com o grupo de trabalho que atua junto à PGR, em Brasília;
  • Três acordos de leniência com pessoas jurídicas;
  • Recuperação espontânea de recursos por um dos réus da operação, no valor de R$ 44.470.860, 17.

Fonte: Revista Única

Visite o website: wwww.unicanews.com.br