Igreja Batista Getsemâni

Conselho Nacional do MP arquiva processo contra Mauro Zaque

Da Redação

(Foto: Reprodução/Web)

mauro zaque.jpg

 

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) arquivou a reclamação proposta pelo governador Pedro Taques (PSDB) contra o promotor Mauro Zaque, no esquema que ficou conhecido como ‘grampolândia pantaneira’.

 

De acordo com o documento, Taques acusava o promotor de falsificação de documento público, prevaricação e denunciação caluniosa, já que foi Zaque que denunciou o esquema dos grampos à Procuradoria Geral da República.

 

Taques afirmou que o documento apresentado por Zaque foi fraudado e o número do protocolo apresentado na verdade fazia parte de um processo referente à recuperação de estradas.

 

Apesar de todas as alegações de Taques, o documento foi arquivado pois faltava elementos que justificassem a instauração de um processo administrativo disciplinar.

 

Na terça-feira (05), o Superior Tribunal de Justiça (STJ), devolveu para a primeira instância todas as investigações referentes as escutas clandestinas, em Mato Grosso. Com a decisão, o caso volta a tramitar na 11ª Vara da Justiça Militar de Mato Grosso. 



A decisão é do ministro Mauro Campbell por conta de um habeas corpus impetrado pela defesa do coronel Zaqueu Barbosa. Zaqueu foi preso junto com o cabo Gerson Correa Júnior, acusado de envolvimento no esquema. 

 

 


Fonte: Igreja Batista Getsemâni

Visite o website: wwww.ibgcuiaba.com.br