Cuiabá, 26 de Maio de 2018

ECONOMIA

Quarta-feira, 02 de Maio de 2018, 09h:08 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Mercado de trabalho: 'Várias profissões desaparecerão', diz estudioso

A competição por empregos que não existem nem começou, mas os atuais e futuros profissionais devem estar atentos a uma área que promete recompensas: a tecnologia digital

Notícias ao Minuto

carteira de trabalho

 

O mercado de trabalho está em constante mudança. Fenômenos como a automação fazem com que profissões que antes não eram necessárias passem a ser fundamentais, além do surgimento de novas ocupações. A competição por empregos que não existem nem começou, mas os atuais e futuros profissionais devem estar atentos a uma área que promete recompensas: a tecnologia digital.

Apesar de promissor, o setor ainda não é o mais requisitado pelos universitários. É o que diz um relatório do Banco Mundial. De acordo com o estudo, 44,7% dos estudantes da América Latina e Caribe, atualmente matriculados no Ensino Superior, estão nas áreas de ciências humanas, direito e negócios, frente ao público que optou por tecnologia e ciência, que foi de apenas 5,5%. Até mesmo a média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) é de 23% dos diplomados na área tecnológica.

Para novos estudantes ou para aqueles que querem explorar outras opções profissionais, existem duas disciplinas cujas perspectivas de emprego e crescimento são atraentes: a Ciência de Dados e a Inteligência Artificial (IA). A primeira dessas habilidades permite converter dados em informações valiosas para a tomada de decisões: conhecer um novo mercado, fidelizar clientes e criar modelos para antecipar incidentes, por exemplo.

Por sua vez, a Inteligência Artificial consiste em aprender e prever a partir da leitura de dados de outros sistemas ou diretamente do ambiente. Números mostram que a área está em crescimento. Em 2017, 61% das empresas dos EUA tinham usado IA e 71% possuíam uma estratégia de inovação para abordar novas tecnologias como essas.

“No início, quando a Big Data se tornou um hype, havia certa desconfiança de que a profissão, que foi chamada de ‘a mais sexy do século’, não passaria de modismo. O tempo está passando e a profissão está, cada vez mais, se consolidando”, afirmou Fernando Amaral, especialista em Ciência de Dados e Inteligência Artificial e instrutor em 13 cursos com mais de 16 mil alunos na Udemy, plataforma global de cursos online. Ainda de acordo com ele, empresas que não orientarem seus negócios a partir de dados, irão eventualmente desaparecer.

Mercado de trabalho do futuro

“É fato que o mercado de trabalho irá mudar e, segundo algumas pesquisas, o desaparecimento de várias profissões deve começar daqui uns 20 anos", disse o especialista em IA Jones Granatyr e também instrutor na Udemy. Ele também ressaltou sobre o surgimento de novas profissões. "Você já ouviu falar sobre uma profissão específica para treinar robôs? Essa é uma delas! Assim como hoje em dia ninguém sente mais falta de datilógrafos, talvez daqui alguns anos também não sentiremos falta de algumas profissões que existem hoje”, opinou.

Relevância na Inteligência Artificial

Há inúmeras áreas dentro da IA, cada uma responsável pela solução de determinados tipos de problema. Mas segundo o professor da plataforma Jones Granatyr, sem dúvida a mais relevante atualmente é a de machine learning e ciência de dados. “Como é a área com mais procura hoje em dia, certamente o ideal é iniciar os estudos por ela. Em países como Estados Unidos, Canadá e alguns da Europa, os profissionais de IA de grandes empresas são um dos mais bem pagos do mundo. A Udemy, por exemplo, ajuda muito por possuir um portfólio de muitos cursos para praticamente todas essas áreas mais ‘modernas’ e com especialistas nos assuntos”, recomendou.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Abril 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade



Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br