Cuiabá, 21 de Setembro de 2019

CIDADES
Quarta-feira, 11 de Setembro de 2019, 17h:11

CRIME DE PEDOFILIA

Justiça determina soltura de homem preso com 70 arquivos de pornografia infantil

Claryssa Amorim
Única News

(Foto: PJC-MT)

O gerente de um hospital particular de Cuiabá, preso com 70 arquivos pornográficos na Operação Luz na Infância, na última quarta-feira (4), teve a soltura determinada pelo desembargador Rondon Bassil Filho, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, mediante pagamento de fiança no valor de R$ 13,9 mil. A decisão foi publicada nessa terça-feira (10).

Ele foi preso na operação deflagrada na Capital, em mais 13 estados, além do Distrito Federal e em outros seis países (Estados Unidos, Panamá, Paraguai, Chile, El Salvador, Equador).

De acordo com a determinação do magistrado, o acusado deverá cumprir algumas medidas cautelares, como a proibição de comportamento igual ou semelhante, através de qualquer máquina que possibilite o processamento de dados, sendo sua propriedade ou não. Além do recolhimento domiciliar no período noturno e nos finais de semana.

“Tal circunstância reforça o entendimento de que a conduta do paciente teria se limitado àquela prevista no art. 241-B do ECA, revelando-se, portanto, também por isso suficientes e adequadas a aplicação de medidas cautelares diversas da prisão, para evitar-se a reiteração de crimes”, diz outro trecho da decisão.

A operação

Ele foi preso em seu apartamento na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, conhecida como Av. do CPA, no bairro Jardim Aclimação, em Cuiabá.

No seu computador, a polícia encontrou 70 arquivos com vídeos e fotos pornográficas. Segundo a Polícia Civil, os vídeos eram de relação sexual entre adultos com crianças, que inclusive, continham penetração.

Os estados que foram alvos são: Estados Unidos: 1 preso; Alagoas: 3 presos; Amapá: 1 preso; Amazonas: 2 presos; Distrito Federal: 1 preso; Mato Grosso: 1 preso; Mato Grosso do Sul: 2 presos; Pará: 2 presos; Paraná: 3 presos; Rio de Janeiro: 1 preso; Santa Catarina: 5 presos; São Paulo: 3 presos (1 em Rio Preto).


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE