Cuiabá, 26 de Setembro de 2018

EM CUIABÁ

Terça-feira, 07 de Agosto de 2018, 18h:08 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Hospital Geral suspende atendimentos e fecha UTI por falta de verba

Da Redação

(Foto: Divulgação)

hospital geral

 

Os atendimentos no Hospital Geral Universitário (HGU), em Cuiabá foram parcialmente suspensos nesta segunda-feira (6). De acordo com a direção da unidade, por falta de repasses de verbas e como consequencia já estão faltando insumos básicos no hospital.

 

No hospital estão suspensas as cirurgias eletivas e a internação de novos pacientes na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

 

Conforme o HGU, a Secretaria de Saúde de Cuiabá deve pagar ao hospital R$ 2,2 milhões. Já a Secretaria Estadual de Saúde (SES) asegura que deve cerca de R$ 1 milhão à unidade.

 

A Prefeitura de Cuiabá divulgou uma nota informando que na sexta-feira (4), realizou um depósito de R$ 600 mil para o hospital e que o dinheiro estava previsto para cair na conta do HGU na segunda-feira (6).

 

De acordo com a prefeitura, o valor depositado é referente aos leitos de UTI até o mês de maio e que os repasses referentes aos meses de junho e julho, que estão em aberto, devem ser feitos pelo Estado.

 

O HGU informou que os valores a serem repassados são referentes aos serviços de cardiologia e de UTI, além de exames de transplante.

 

A secretaria informou que deve se reunir com a direção do hospital para fazer um encontro de contas, ou seja, verificar se os valores são os mesmos.

 

Já o Governo, também por meio de nota, informou que repassou R$ 2,2 milhões ao Fundo Municipal de Saúde de Cuiabá para custear os leitos de UTI do Hospital Geral.

 

Veja a nota do Governo na íntegra:

 

Na  terça-feira, 31 de julho, foi depositado no Fundo Municipal de Saúde de Cuiabá o valor de R$ 2.955.008,94 destinado ao custeio de leitos de UTI. Este valor foi repassado pela prefeitura para os hospitais com quem mantém contrato para a prestação dos serviços de UTI, de acordo com a Portaria 182-2018, que segue em anexo. Para o Hospital Geral Universitário (HGU) foi repassado o valor de R$ 600.364,98, valor que a prefeitura já repassou para o HGU.

 

A respeito dos valores para a cirurgia cardíaca (toracotomia) e stent farmacológico, a SES informa que os valores referentes ao mês de abril , cerca de R$ 250 mil, já estão liberados para pagamento e o processo de maio está sendo apurado pelo setor de controle e avaliação. Quando aos valores referentes a exames de histocompatibilidade (para realização de transplantes), o setor financeiro está apurando os valores pendentes.

 

 

 

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Agosto 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br