Cuiabá, 21 de Agosto de 2019

CIDADES
Quinta-feira, 19 de Abril de 2018, 12h:52

GRANDE LOJA COMEMORA

Geraldo Macedo é alçado a condição de presidente da Área da V Confederação Maçônica

Da Redação

(Foto: Divulgação)

Maçonaria-Geraldo Macedo - 2.jpg

 

O grão-mestre Geraldo Macedo, da Grande Loja Maçônica do Estado de Mato Grosso (Glemt), foi nomeado presidente da Zona V – que corresponde ao Brasil - da Confederação Maçônica Interamericana (CMI). A nomeação - por unanimidade -, aconteceu durante a 24º Reunião Trienal da CMI, no dia 12 de abril, em Santa Cruz de La Siera, na Bolívia. 

 

É a primeira vez na história da Glemt que um de seus membros ocupa tal posição em caráter mundial. A CMI, fundada em 14 de abril de 1947, é uma organização sem fins lucrativos que reúne que representa 75 potências maçônicas de 26 países. 

 

O Leão, grão-mestre adjunto da Glemt, Eleusino Passos,  avalia que a escolha do nome de Macedo, em uma decisão de vontade coletiva, teve como parâmetro os conceitos de vitalismo, energia e força que o grão-mestre Macedo vem implantando na Glemt desde o seu primeiro mandato. 

 

'Foram muitos avanços, somados a um excelente relacionamento em todos os níveis maçônicos. Geraldo sempre compartilhou uma visão do bem coletivo'.

 

Elevado a lugar de destaque em nível nacional e internacional, Macedo disse estar feliz por poder levar a Grande Loja de Mato Grosso a patamar tão privilegiado. Ainda lembrando que gestão maçônica não se faz sozinho. 'Essa conquista não é apenas dos 2.450 membros da Grande Loja no Estado, mas, dos mais de 200 mil obreiros espalhados por todos os continentes', ainda disse Macedo.

 

Agora, Geraldo Macedo além de representar a maçonaria brasileira em todo o mundo, tem ainda, a finalidade de coordenar o avanço sustentável da maçonaria brasileira. “Já estamos familiarizados com esse conceito, que é um caminho sem volta e sempre adiante”, ainda argumentou o novo presidente da CMI. (Com informações do Portal Mato Grosso)


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE