Cuiabá, 16 de Outubro de 2019

CIDADES
Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019, 17h:49

NÃO RECEBEU HORAS EXTRAS

Empresa é condenada a pagar quase R$ 1 milhão para ex-funcionário

Única News
Com assessoria

(Foto: divulgação)

Uma transportadora foi condenada a pagar quase R$ 1 milhão de acordo judicial a um ex-funcionário que entrou na Justiça exigindo direitos trabalhistas que não foi pago, quando saiu da empresa. A audiência foi realizada na manhã desta segunda-feira (16) e o processo tramitava desde 2014 no Tribunal Regional do Trabalho.

O acordo de R$ 915,8 mil foi realizado entre uma empresa de transporte e um ex-empregado que trabalhou como motorista carreteiro entre dezembro de 2008 e fevereiro de 2014. Na ação, ele solicitava o pagamento de horas-extras e outras verbas trabalhistas. Os valores acordados serão pagos em seis parcelas iguais.

Chegar a um acordo foi melhor caminho para encerrar o processo deixando todas as partes satisfeitas, segundo o advogado da empresa, Lucas Moretti.

Ele conta que trabalharam por quase um mês realizado negociações prévias sobre o caso e colocar um ponto final n caso foi um alívio para todos.

“A Semana de Execução é importante porque as partes já chegam aqui com o objetivo de chegar a um consenso. É bom para a Justiça, para os trabalhadores e para a empresa”, comemorou.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE