Cuiabá, 11 de Dezembro de 2017

"PAPAI NOEL PANTANEIRO"

Quinta-feira, 07 de Dezembro de 2017, 11h:50 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Em Cuiabá, Luciano Huck faz matéria especial com Clóvis Matos

Wellyngton Souza

(Foto: Divulgação)

WhatsApp Image 2017-12-06 at 11.15.58.jpeg

 

Após afastar as especulações sobre a possível candidatura à presidência da República nas eleições do próximo ano, o apresentador da Rede Globo, Luciano Huck, fez uma visita inesperada ao Papai Noel pantaneiro, Clóvis Matos, na manhã desta quarta (6), no Shopping 3 Américas.

 

Clóvis, de 62 anos, que também é historiador, se tornou referência com o projeto social ‘Inclusão Literária’ que surgiu há pouco mais de 15 anos, na capital e em todo o estado, com um simples objetivo de facilitar o acesso à leitura.

 

Utilizando uma Kombi, Clóvis fez do veículo uma espécie de 'biblioteca móvel' e distribui exemplares por diversos municípios, principalmente os mais distantes para que crianças, jovens e inclusive adultos tenham o hábito da leitura.

 

 

 

(Foto: Reprodução)

principal_clovis.JPG

 

Apesar de ser um grande sonhador e admirador da literatura, nem tudo foi fácil. Em 2015, por exemplo, foi vítima de um incêndio ocasionado por um curto-circuito e atingiu sua casa que abrigava os livros doados para o projeto.

 

Pelo menos, dez mil obras foram atingidas pelas chamas. Ninguém ficou ferido. Apesar da tragédia, Clóvis permaneceu no projeto recebendo doações para recuperar os danos materiais. 

 

Fora das eleições

 

Em artigo publicado na Folha de S. Paulo, o apresentador ressaltou que está fora da corrida presidencial. Ele destacou que seus pais, sua mulher Angélica, seus filhos, seus familiares e seus amigos próximos impediram que ele se "deixasse levar pelos sons dos chamados quase irresistíveis".

 

"Quem se interessa pelo que sou e faço pode acreditar: vou atuar cada vez mais, sempre de acordo com minhas crenças, em especial com a fé enorme que tenho neste país. Contem comigo. Mas não como candidato a presidente", escreveu o apresentador, que prometeu ir "além da voz amplificada pela televisão, do eco das redes sociais e do instituto que criou para ajudar e agregar o país. "E, para isso, não são necessários partidos, cargos, e nem eleições".

 

Huck reforçou a visão de que é fundamental "sair da proteção e do conforto das selfies no Instagram para somar forças na necessária renovação política brasileira" — o que está bem distante, segundo ele, de postular uma candidatura a presidente.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Novembro 2017 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade



Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br