Cuiabá, 11 de Dezembro de 2018

HOSPITAL DAS CLINICAS

Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2018, 10h:17 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Denise fica sem hospital por tempo indeterminado após greve de servidores

Da Redação

Foto: Reprodução

HOSPITAL DAS CLINICAS denise

 

O Único hospital da cidade de Denise (a 208 km de Cuiabá) fechou as portas nesta segunda-feira (26), após os servidores entrarem em greve, devido aos atrasos salarias. Um cartaz foi fixado na porta do Hospital das Clínicas, onde os grevistas afirmam estar há três meses sem receber.

 

De acordo com os servidores da unidade a paralização dos atendimentos é por tempo indeterminado. O Hospital tem capacidade para 40 leitos, e atendia casos de urgência, emergência e farmácia pública.

 

A secretária municipal de Saúde, Viviane Oliveira de Azevedo Gonçalves Cordeiro, afirmou que o hospital é administrado pela Associação Beneficente Hospital das Clínicas, e que a dívida deles é de quase R$ 1 milhão.

 

"O hospital não tem certidões negativas de débitos de FGTS, INSS e outros impostos. Assim, legalmente, não é permitido que a instituição firme convênio com a prefeitura ou governo do estado e receba repasses. A dívida do hospital é de quase R$ 1 milhão. A prefeitura vai se reunir com a assessoria jurídica para ver o que podemos fazer", afirmou secretária.

 

 

No final do ano passado, os servidores chegaram a se mobilizar e interditaram a MT-343, que corta a cidade, para cobrar pedágio, com o objetivo de arrecadar fundos para tentar sanar dívidas do hospital. (G1)

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Nov 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br