Cuiabá, 14 de Novembro de 2019

ARTIGOS/UNICANEWS
Terça-feira, 10 de Setembro de 2019, 16h:38

ERNANI CAPOROSSI

O seu sorriso como uma bela arte

Única News

Divulgação

Olhar registros do passado sempre é um bom começo para entender a evolução nos tratamentos dentais ao longo do tempo. E nem só em livros técnicos pode-se encontrar, por exemplo, a história da odontologia no mundo. A arte é uma grande aliada nesse caso.

A palavra “arte” abrange muitas faces. Embora resina nos olhos do observador, possui algumas regras consensuais, sofre influências culturais e estilos. Provocando admiração e anseios. Alguns a vêem como belo, já outros permanecem indiferentes a ela. Sua percepção evoca a mistura de todos os sentimentos humanos, não sendo algo que desconhecemos.

A falta de um belo sorriso pode ser um sério problema. Entretanto, se torna cada vez mais fácil melhorar, corrigir, e até mesmo reconstruir um sorriso perdido. Para esta empreitada, a estética odontológica moderna exige especialistas permanentemente atualizados, pois novos recursos e técnicas tem surgido a cada dia.

O tema a arte do sorriso já sugere algo complexo. O sorriso apresenta claramente três componentes: dentes, lábios e gengivas. Entretanto muitos outros elementos menos evidentes estão envolvidos; tais como: tamanho, equilíbrio de cores, textura, sombreamento e assim por diante.

Muitos pacientes e clínicos procuram diretrizes para o que deveria ser o sorriso perfeito, como realizá-lo e se acima de tudo, deveríamos tentar padronizar o sorriso de cada um. O sorriso é, ainda um dos maiores atrativos de personalidade e, por ser capaz de abrir muitas portas, as pessoas atualmente estão dispostas a investir tempo e dinheiro para melhorá-lo, não menos do que fazem pela aparência de outras áreas do corpo.

É de fundamental importância que o profissional conheça melhor seus pacientes na âmbito psicológico, com suas particularidades, desejos, e poder orientá-los quanto as possibilidades de expressão visual em seus casos e então definir juntamente com eles o que será criado em termos do desenho do sorriso, dessa maneira os pacientes passam a ser coautores do trabalho, o que certamente diminuiria a insatisfação no fim do trabalho, tanto para os profissionais quanto dos pacientes.

Hoje frente ao grande desenvolvimento da odontologia, cabe mais pensar “no que fazer”, em um caso clinico e nem tanto “no como fazer”, haja vista o grau de excelência técnica alcançada pelos profissionais.

Portanto, nós dentistas clínicos, que dominamos técnicas, temos a nobre função de cuidar e atender as necessidades e aspirações de seres humanos em busca de uma vida plena, exercendo assim uma profissão que como poucos, tem a oportunidade de contato extenso, profundo e muitas vezes, de verdadeira intimidade com os pacientes e seus familiares. Ao associar estes fatores, juntamente com as características individuais de cada pessoa, incluindo nelas os fatores físicos e fatores psicológicos, podemos chegar a uma harmonização de um belo sorriso que mostre o seu estilo.

 

*Ernani Caporossi é Especialista em Dentística Restauradora e Prótese Dental, MBA em Gestão em Saúde, membro fundador da Sociedade Brasileira de Odontologia Estética (SBOE), da Academia Brasileira de Osseointegração (ABROSS) e da Sociedade Brasileira de Reabilitação Oral (SBRO).


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE