Cuiabá, 14 de Dezembro de 2019

ARTIGOS/UNICANEWS
Segunda-feira, 04 de Novembro de 2019, 15h:37

ELIZEU NASCIMENTO

127 anos do Corpo Musical da PMMT

Única News

ALMT

Na condição de deputado estadual, eleito, com uma votação expressiva, 21.347 votos, para legislar em prol da população matogrossense. Tendo como premissa básica, a valorização dos menos favorecidos.

Fui eleito, não apenas para legislar, ou seja, criar leis que favoreçam a população como um todo, como também: propor, emendar, alterar, revogar e derrogar leis estaduais.

Na condição de presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa e, profundo apreciador da musicalidade. Sempre, tive sensibilidade para contemplar uma boa música, mesmo, quando estava á frente da área operacional da nossa gloriosa Polícia Militar.

Sou fã incondicional, da Banda de Música da PM, criada em 19 de outubro 1892, através do Artigo 5º da Lei Nº 9, ato este, assinado pelo Dr. Manoel Murtinho - presidente do Estado de Mato Grosso.

No dia 29 de outubro, participei da cerimônia alusiva ao aniversário de 127 anos do Corpo Musical da Polícia Militar de Mato Grosso (PMMT), no Salão Nobre Cloves Vettorato, no Palácio Paiaguás.

O evento em questão, contou com as apresentações da cantora Akane Izuka; do quinteto formado pelos policiais militares cabo Crispim e os soldados Dantas, Carneito e Robsonelly, e das crianças que participam do projeto "Harmonizando para a vida", do município de Nossa Senhora do Livramento, além do cantor cuiabano Roberto Lucialdo.

Quero aproveitar a oportunidade, para parabenizar a brilhante ação do Projeto Harmonizando para a Vida em Nossa Senhora do Livramento, iniciativa do Corpo Musical da polícia Militar do Estado de Mato Grosso em parceria com a Prefeitura Municipal de Nossa Senhora do Livramento, tendo suas atividades iniciadas em Junho de 2018.

Esse megaprojeto tem como objetivo principal, o atendimento de cerca de 90 crianças e adolescentes, com idades entre 06 a 17 anos. Projeto este, executado no auditório da Secretaria Municipal de Assistência Social, daquele Município.

Os alunos contam com: aulas de violão, canto no coral, flauta doce, disciplina militar, seminários e judô, estas atividades, tem como objetivo central, a prevenção de risco social, e o que é mais importante, as experiências das manifestações artísticas e culturais, para o desenvolvimento de novas sociabilidades.

Esse projeto alvissareiro tem como importância maior, tirar das ruas as crianças e dar-lhes, oportunidade de socialização.

Fazendo justiça, não poderia deixar de declinar, uma fala de suam importância, a do comandante-geral, coronel Jonildo José de Assis que na ocasião, também enalteceu o trabalho de alcance social inimaginável da banda ao dizer “Somos policiais militares e temos nosso papel social e a banda de música faz isso com primazia. Um quartel sem banda é um corpo sem alma”, destacou o comandante.

Senti-me honrado, em participar dessa comemoração alusiva ao aniversário de 127 anos do Corpo Musical da Polícia Militar de Mato Grosso (PMMT); além da musicalidade, consegue através de projetos sociais exequíveis e inclusivos, salvar vidas de crianças que se encontram em vulnerabilidade social.

O cair é do homem, o levantar é de Deus!

 

*Elizeu Nascimento é deputado estadual


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE