Cuiabá, 20 de Novembro de 2018

MAX CAMPOS

Terça-feira, 07 de Agosto de 2018, 10h:11 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

A verdade atrás das aparências


 

          Como na citação bíblica “Não há nada oculto que um dia não venha ser revelado”.

         Ou simplesmente a mentira tem perna curta no bom e velho ditado popular.

          Eu MAX CAMPOS, Servidor Publico Estadual, FICHA LIMPA, Vida Funcional sem uma linha sequer de má conduta fui convidado a integrar uma coligação conhecida no meio dos SERVIDORES PÚBLICOS como MALDITO,MENTIROSO,INCOMPETENTE e que utiliza o COURO DO SERVIDOR PÚBLICO como descanso do chicote do Feito e mesmo assim ACREDITANDO que de alguma forma poderia contribuir nas melhorias estruturais ou mesmo na manutenção dos DIREITOS adquiridos ao longo do tempo através de muitas lutas aceitei o desafio de integrar um partido que integra a base governista.

            O próprio governador sabe bem como os gestores, secretários de Estado que sempre busquei o DIÁLOGO e mesmo sendo um dos 444 servidores públicos do INDEA-MT que tiveram o ponto cortado durante a grande paralisação quando debatíamos a RGA ainda assim acreditei na palavra a mim confiada que esse relacionamento teria melhorias e faríamos uma gestão mais íntegra, humanizada tanto aos servidores como a sociedade que servimos e que DE FATO é quem nos paga nossos subsídios. E não há ninguém que irá colocar “CANGALHA” em nosso lombo. 

        Está é uma das promessas e minha principal BANDEIRA: A DEFESA DOS DIREITOS CONSTITUCIONAIS DO POVO E DOS DIREITOS ADQUIRIDOS DOS SERVIDORES PÚBLICOS.  

        Não é ao menos para um grande número de servidores o governo que merece nota 10,houve sim uma mea-culpa, mas uma culpa conjunta que envolve secretários “técnicos” e não políticos bem como uma comunicação falha dos feitos até o presente momento que atinge vários segmentos como chamamento de concursados, construções de escolas, de período integral, técnicas e militares. Investimento na segurança, defesa agropecuária, agricultura familiar, ganha tempo, cartão pro família dentre outras. É como para muitos se passassem 3,5 anos olhando-a para o retrovisor. 

           Foi preciso amadurecer, saber ouvir, ter paciência paciência paciência. Afinal de contas quem deseja o pior para o Estado que o abriga e o Alimenta? Creio que ninguém em sã consciência. 

           Além dos cem mil servidores públicos onde temos 30.000 aposentados, 40.000 na educação e o restante espalhado na segurança pública e outros setores temos 03 milhões de mato-grossenses para cuidar e conceder um desenvolvimento adequado às regras constitucionais que deem garantias de saúde, educação,moradia,lazer etc. 

           Sem esquecer que todo o País passou e passa por uma crise financeira causada por instabilidade política, corrupção, improbidade administrativa dentre outros crimes impetrados em boa parte PELA PÉSSIMA ESCOLHA de nossos políticos. 

           Convoco todos servidores públicos sejam eles federais, estaduais e municipais, sejam servidores contratados e comissionados a refletirem e auxiliarem a escolha de nossos representantes. Não tenho e nem pretendo ter uma procuração de defesa ou acusação deste governo ou do próximo mas precisamos de uma nova identidade, de respeito e valorização porém com um diálogo franco e aberto. 

           Temos excelentes nomes que como eu somos contra a reeleição, a imunidade parlamentar, a redução de penduricalhos que inflam o salário e principalmente poderiam ser aplicados em setores que realmente necessitam como a saúde. 

        Fica aqui o desafio para o próximo governo, senadores, Deputados estaduais e deputados federais. 

         NÃO TROCO,NÃO CONDIGNO, NÃO VENDO minha DIGNIDADE e de forma alguma me subjugarei como massa de manobra deste ou aquele grupo político.

          Análise,Pesquise,Dialogue e conheça todos os candidatos pois muitos irão se transvestir por trás de discurso maquiado, propagandas emotivas e as piores promessas que jamais serão cumpridas. 

LIBERDADE,IGUALDADE E FRATERNIDADE 

         Servir bem, para o SERVIDOR, além de obrigação, é uma questão de ética, um mandamento sagrado. É como uma cláusula pétrea que nunca pode ser quebrada.

 

MAX CAMPOS é Servidor Público do Estado de Mato Grosso.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Outubro 2018

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br